sábado, 7 de novembro de 2009

MST, o “iluminado” movimento social.

Diante das invasões, depredações, roubos, vandalismos, assassinatos, ameaças, desvios de verbas públicas e apologia ao crime,  “ilustres”  autoridades como o Ministro da Justiça, a Ministra da Casa Civil e o Ministro do Desenvolvimento Agrário, defendem as ações deste “movimento social”, e acreditam que está sendo feita uma campanha para o injustamnete incriminar. Acreditam tanto nisto, que este  governo já liberou até agora, generosamente, mais de 150 milhões de reais para esta inocente organização, que nem sequer possui um CNPJ.
É interessante o quanto são inconsistentes os argumentos lógicos(?) de “autoridades”, que apaixonadamente defendem uma ideologia com cheiro de naftalina, negando as suas nefastas obras, e tapando os olhos para não verem os crimes que cometem esses camados "movimentos sociais". Essas mentes distorcidas entendem que, as estruturas legais e políticas de uma sociedade democrática, baseada no equilíbrio entre os poderes constituídos e a liberdade individual, não possuem nenhum valor, e podem ser quebrados sob qualquer justiticativa que se denomine "defensora dos interesses da maioria". Na verdade, quem defende os "interesses da maioria", são um pequeno grupo de militantes "iluminados" pelas idéias marxistas, que se autoproclamam os seus representantes, sem nenhuma legitimidade que seja. Esta técnica de engenharia social só funciona quando se consegue se alinhar e ampliar alguma(s) reivindicação(oes) popular(es), desviandoa(s) para seus objetivos estratégicos. A verdadeira maioria, é composta por brasileiros que amam o país,respeitam suas leis, possuem  valores cristãos, e que não querem ser dominados por um estado autoritário e controlado por um único partido. Já os "iluminados" "defensores da maioria", são internacionalistas, odeiam os  valores cristãos, desprezam as instituições vigentes, são à favor de interesses externos, e escondem seus verdadeiros objetivos políticos. O MST está repleto desses "iluminados", e por isto está divorciado do Brasil, pois se tornou uma entidade hostil, à margem da lei e da constituição, que se veste sob o manto vermelho do comunismo internacionalista, que aceita recursos para agir defender interesses estrangeiros, que não aceita opiniões contrárias, e que usa a reforma agrária apenas como fachada para continuar a receber os benefícios de "movimento social" tanto do governo conivente quanto de entidades internacionais. Esta simples constatação não requer muito efôrço intelectual, não possui nenhuma novidade, e está ao alcance de qualquer pessoa que não se deixe contaminar pela hipocrisia.
Wellington 07/11/09

Nenhum comentário:

Vídeos Recomendados

Loading...
Creative Commons License
Blog Wellblog-Observador de Wellington Leal é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Compartilhamento pela mesma licença 3.0 Brasil.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://reieterno.blogspot.com.