terça-feira, 3 de novembro de 2009

O Comunismo não morreu, só fez uma plástica.

Mensagem que deixei em um blog, para uma pessoa que se achava orfã do comunismo:
“Caro amigo,
embora bem intencionado, você está engandado quando diz que o comunismo acabou e quanto a essência desta ideologia. O comunismo persiste mais astuto e mais refinado do que nunca ! Na verdade, a luta do comunismo não é pela  igualdade dos homens, é para acumular poder para usá-lo contra o próprio  Deus. Por isto o comunismo não é ateu, é anti-Deus, pois o despreza. A igualdade é um sofisma, que tem uma aparência de justiça (humana), mas não existe na diversidade da criação de Deus. Pois a vida é dinâmica, multiforme e imaterial (quando a vida se desliga da matéria, ela se decompõe). A aplicação da igualdade a seres vivos, os transforma em simples objetos, e no caso de pessoas (persona,que possui personalidade), acaba sendo utilizada a violência e a força para domar o espírito humano. Assim, igualdade e liberdade são coisas que não coexistem, pois quando se tem uma, se perde a outra. Porém a liberdade é a mais preciosa das dádivas, pois nos dá oportunidade de fazer escolhas. A possibilidade de escolher o seu próprioq destino, foi reservada por Deus, exclusivamente para o homem. As religiões não são invenções de Deus, são resultados da falta Dele. A falta de Deus também gera a falta de Justiça e de Vida Permanente. Assim sendo, os homens criaram os sistemas políticos e religiosos justamente para suprir estas faltas, mas só conseguiram produzir injustiça e morte. A pessoas não são iguais e nem tampouco justas, da mesma forma, a igualdade não produz justiça. A vida humana não se limita apenas ao trabalho, e o trabalho não se limita apenas ao esforço físico. Existem pessoas com grande força física, existem pessoas com grande força mental, existem pessoas com as duas características e existem pessoas sem estas duas características. Mas todos podem igualmente se tornar homens elevados em honra e caráter, e se desenvolver dentro das suas possibilidades, sabendo que no final todos estarão reduzidos a pó, e saberão se fizeram a escolha certa ou errada.”
Wellington

Um comentário:

aline disse...

Achei interessante seu texto. Concordo quando diz que os homens devem ter sua liberdade, mas também devem ter a consciencia de que não estamos sozinhos, é preciso pensar no proximo, nos que passam fome, dos que não tem onde morar, dos doentes. É fato que tenhamos liberdade, mas que tambem tenhamos direitos básicos a sobrevivencia humana: saude, educação, moradia, alimentação etc

Vídeos Recomendados

Loading...
Creative Commons License
Blog Wellblog-Observador de Wellington Leal é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Compartilhamento pela mesma licença 3.0 Brasil.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://reieterno.blogspot.com.