domingo, 21 de fevereiro de 2010

Dilma? Não, obrigado.

A “laranja mecânica” do PT agora se lança oficialmente em sua aventura robótica, tendo suas ações remotamente controladas, na desesperada tentativa de substituir Lula na presidência. Sua meta é se eleger e continuar a caminhada totalitária, promovendo a aceleração do processo de fusão de seu partido com o Estado, e assim consolidar o controle total do partido sobre a sociedade e Estado (como na China). Esta meta, vem sendo religiosamente cumprida durante os dois mandatos do nosso “eterno-metalúrgico-pobre”, e presidente nas horas vagas. Dilma quer um “Estado forte”, que só deve satisfações ao partido, e a mais ninguém (como na china). DilmaDandoDedoSua tarefa é evitar que haja retrocesso nas “conquistas“ realizadas pelo PT (em proveito dele mesmo), e cuidar para  que não reste mais nenhum obstáculo que o impeça de se apropriar definitivamente da máquina e dos recursos públicos. Hoje, já podemos perceber a grande influencia do governo petista sobre os meios de comunicação, sobre o poder legislativo e sobre o poder judiciário. Essa influência, desenvolveu-se a tal ponto que seus partidários nem se importam mais em esconder os objetivos contrários à livre iniciativa, ao direito de propriedade, à liberdade de expressão e à liberdade de imprensa. Dilma, diz que é a favor da liberdade, mas lutou de arma na mão para implantar uma ditadura comunista. Ela, juntamente com os seus partidários, estão dispostos a implantar um modelo político-econômico nos moldes da China, que é verdadeiramente uma ditadura “capimunista”, onde o governo quer os lucros do capitalismo e o totalitarismo do comunismo. Dilma mente, assim como Lula mente quanto aos seus reais objetivos. Essa gente não tem limites para o delírio, e realmente acredita que tem sobre os seus ombros a sagrada missão de construir “um mundo melhor”, mesmo que seja contra a vontade de toda a sociedade.  Hitler, Mao Tse Tung, Stalin, Polpot e  Fidel mataram milhões de pessoas, simplesmente por acreditarem que estavam a serviço de um “bem maior”, como também perigosamente acreditam nossos “revolucionários” governistas. Os progressistas como Dilma e Lula, são essencialmente ateus (ainda que também mintam sobre isto), e acreditam que o homem é essencialmente bom, sendo a sociedade a verdadeira responsável pelos seus desvios de comportamento e maus atos. Assim, para  este grupo, através do controle da sociedade, é possível criar a harmonia  e a paz entre os homens. Pura utopia marxista-ateísta, pois nunca esta ideologia produziu o que prometeu, nem na antiga URSS (Rússia), nem na China, nem em Cuba, nem na Polônia e em nenhum outro lugar do mundo. A Bíblia diz que o homem é essencialmente mau, desde o seu nascimento, e a sociedade é quem lhe deve impor limites e regras para os seus atos, através da instituição de autoridades, a qual de forma soberana constitui. o Estado deve existir para servir à sociedade, nunca o contrário.

Wellington

Nenhum comentário:

Vídeos Recomendados

Loading...
Creative Commons License
Blog Wellblog-Observador de Wellington Leal é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Compartilhamento pela mesma licença 3.0 Brasil.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://reieterno.blogspot.com.