domingo, 10 de outubro de 2010

Revista Veja mostra as duas caras de Dilma com o aborto

2 comentários:

inominavel disse...

Duas caras é o cara que faz um filho na mulher, deixa ela abortar e depois crucifica a mulher que defende o direito de outras mulheres o fazerem.

Wellington disse...

Primeiramente agradeço a participação neste humilde blog, e depois sugiro que você avalie melhor as diferenças existentes entre fatos e suposições,vida pública e vida privada. Coisas normalmente ignoradas por petistas.

Fato: Dilma assinou o PNDH-3,e MENTIU dizendo que não sabia do que se tratava, e também dizendo que era CONTRA o aborto.

O PNDH-3, criado por Dilma e seu partido, além de liberar o aborto, o torna um direito humano, colocando assim todos os que forem contra esta prática, em confronto com a lei.

Dilma também se posicionou públicamente a favor da discriminalização do aborto e da prestação dos "serviços de aborto" na rede pública de saúde. Tudo pode ser comprovado com documentos e vídeos, onde ela mesma assina e fala em entrevistas gravadas em vídeo. Então, chamar isto de boato é usar de má fé.

Suposições: A mulher do Serra (que não é candidata a nada) está sendo ACUSADA, através de uma ex aluna que disse ter conhecimento do fato dela ter abortado a mais de 30 anos atrás, no CHILE.

É perceptível a desproporcionalidade das situações, a malícia utilizada com a intenção confundir fatos com boatos. Não há provas, e nem é relevante parase se promover uma discussão sobre este foro íntimo. Ao contrário da Dilma e seu abortismo de estado.

Ninguém se preocupou com detalhes da vida de Dilma em relação a sua sexualidade ou se ela própria já teria praticado aborto ou não, pois estes são apectos de sua vida particular, os quais não são importantes neste momento de escolha do próximo presidente do Brasil.

O que importa é saber dos atos políticos e públicos, dos projetos de governo que marcam a vida pública dos candidatos. O que já está comprovado no caso da Dilma,é que ela executa fielmente todo o programa do partido, e tem uma história de luta armada para implnatação de uma ditadura comunista, nos moldes de mao Tse Tung.

Somente o PT e a Dilma foram capazes de levatar as bandeiras da legalização da prostituição como uma profissão, de tornar um "direito humano" ao alcance de todos e protegido por lei, o ato covarde de estraçalhar bebês ainda no útero.

Varrer a sujeira para debaixo do tapete não torna a mais casa limpa, e matar os filhos não tornará os pais mais dignos e responáveis. Nem mesmo os impedirá de praticar sexo promíscuo, como uma simples forma de diversão.

Wellington Leal

Vídeos Recomendados

Loading...
Creative Commons License
Blog Wellblog-Observador de Wellington Leal é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Compartilhamento pela mesma licença 3.0 Brasil.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://reieterno.blogspot.com.