sexta-feira, 4 de junho de 2010

Os soldados israelenses que abordaram o navio turco Mavi Marmara utilizavam ARMAS DE PAINTBAL, por isto foram brutalmente atacados pelos “ativistas humanitários”.

image

Desmentindo a grande farsa da mídia internacional, os soldados de Israel não chegaram atirando para matar, conforme foi amplamente divulgado. Pelo contrário, Israel esperava realmente encontrar ativistas humanitários, e por isto a abordagem foi feita por soldados que utilizavam armas não letais, no caso armas de paintball (bolinhas de tinta). Somente após perceberem que seus soldados estavam em desvantagem numérica e sendo massacrados, é que foi autorizada a utilização de armas de fogo, que inevitavelmente fizeram vítimas. Claramente a ação deste falsos ativistas humanitários foi a de colocar a opinião pública mundial contra o bloqueio marítimo à faixa de Gaza. O bloqueio  só existe por causa do grupo terrorista Hamas, que conquistou o território por métodos violentos e desumanos, utilizados contra a própria população palestina, e aproveita a proximidade para realizar lançamentos diários com misseis contra Israel. O Hamas não reconhece o governo da autoridade Palestina, sendo declaradamente à favor da destruição do estado de Israel, que é o único estado democrático da região.

Nenhum comentário:

Vídeos Recomendados

Loading...
Creative Commons License
Blog Wellblog-Observador de Wellington Leal é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Compartilhamento pela mesma licença 3.0 Brasil.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://reieterno.blogspot.com.