segunda-feira, 23 de julho de 2007

Perguntar não ofende. Ofende?


As coisas estão mudando. E para pior! O Brasil está se adaptando rápidamente ao "Jeito PT de Viver". Ou seja, tudo o que você disser ou fizer, desde que não seja a nosso favor, será usado contra você. Um exemplo disto, foi um casal de passageiros de um vôo da TAM, ter sido retirado de dentro do avião, só por ter perguntado (talver com alguma ironia) se os freios estavam funcionando. Qual o problema de perguntar se os freios estão funcionando, se o reverso da turbina está funcionando, se os buracos negros dos radares foram corrigidos, se a pista está com um sistema de drenagem eficiente, se as companhias aéreas pararam de fazer overbooking, se os culpados pelo acidente do avião da Gol foram punidos, se os equipamentos responsáveis pela controle aéreo são confiáveis, se as taxas cobradas pelos aeroportos são completamente empregadas na modernização do setor, se os gestores do setor são competentes?
Certas perguntas ofendem mais do que vaias, principalmente quando não se sabe o que responder. Além de ser taxado de "burguês capitalista", provavelmente quem ousar fazer algumas destas perguntas impertinentes às nossas autoridades, ou aos responsáveis por este cartel, poderá suscitar mágoas aos delicados sentimentos "sociais-democráticos", quiçá despertar um incontroláve desejo de mandar o infeliz inquiridor para o paredão.
Em breve teremos duas opções:

Aos conformados - Relaxe e Goze !

Aos inconformados - Relaxe e Morra !


Well 23/07/2007

Nenhum comentário:

Vídeos Recomendados

Loading...
Creative Commons License
Blog Wellblog-Observador de Wellington Leal é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Compartilhamento pela mesma licença 3.0 Brasil.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://reieterno.blogspot.com.